quinta-feira, 24 de maio de 2012

Land Art - Arte Ambiental

Trabalhos da Turma 1902 sobre arte efêmera, Land Art. Um conceito para transmitir aos alunos a importância da realização da Rio +20.

Claudia Pincer _ www.claudiapincer.blogspot.com

sábado, 16 de julho de 2011

quarta-feira, 30 de março de 2011

ARTE CONTEMPORÂNEA

Você já ouviu falar da Arte Contemporânea? Você sabe de que época ela é?


Arte Contemporânea é arte que é feita hoje. Uma das características desta arte é o uso de novos suportes - materiais que o artista utiliza para expressar suas ideias, como sucata, objetos, vegetais e outros. Nas artes visuais, ela não se utiliza mais apenas da pintura, do desenho e da escultura, ou seja, da tela, do papel, tinta, argila, mármore, mas também, de outros elementos naturais.

Na Arte Contemporânea, o artista não busca a simpatia do público. Diferente da Indústria Cultural - são empresas que trabalham com a cultura com a finalidade de obter lucro - que ela necessita para sobreviver.

A Arte contemporânea é provocativa, levando o espectador a ter uma nova percepção da realidade a sua volta por meio de reflexões, estimulando-o a ser crítico, olhar em volta e se perceber, reconhecendo-se como sujeito histórico.

Houve uma época em que as pessoas apenas olhavam para as obras de arte. Até hoje, nos museus mais tradicionais você encontra placas com o seguinte aviso: "não toque", porém, com a arte contemporânea, é diferente. Muitas obras não são apenas visuais. Os artistas até colocam placas pedindo para que as pessoas toquem as obras ou as modifiquem. Isto significa que na Arte Contemporânea, as pessoas não são apenas observadoras, mas também interferem em algumas obras, podendo mudar o seu aspecto e significado, fato este que torna o resultado final da obra imprevisível e subjetivo, já que depende da intervenção do visitante. O fato de o visitante interagir com a obra não faz dele um artista, mas apenas um participante.

Além do olhar, algumas obras, exigem também o uso dos outros sentidos, como o olfato, tato e paladar.

Quando o artista trabalha com o olfato, ele pode tanto utilizar flores, como frutas que com o tempo apodrecem, alguns artistas utilizam até animais mortos. Os aromas utilizados em algumas obras podem ter a intenção de trazer uma lembrança ou causar desconforto quando o tema está ligado a um fato triste da história. Vamos supor que um artista resolva retratar por meio da arte a violência que está presente em nosso cotidiano. De um modo geral, além da violência que encontramos no nosso cotidiano, também somos expostos a fatos violentos através da TV e da Internet. O excesso de exposição à violência está tornando banal, isto é, algumas pessoas estão achando que ela é uma coisa normal. Ela está tão corriqueira que estamos ficando indiferentes a ela.

Diante disso, o artista, com suas obras, que exploram todos os sentidos humanos, olfato, paladar,tato,audição pretende (despertar) levar as pessoas a uma sensibilização, tentando fazer com que as pessoas se percebam enquanto seres humanos e também percebam os outros. A partir disso, o artista cria uma obra de arte com cheiro ruim. A sua intenção, por certo, é fazer com que as pessoas se sintam mal, através de um choque, o artista chama a atenção do espectador para refletir sobre os malefícios da violência.